Economia

O que é alavancagem financeira?

Conheça mais sobre essa modalidade de investimento que garante uma rentabilidade maior no curto prazo

Muitos investidores querem ver seus investimentos crescerem de forma rápida. Mas todos sabemos que, até chegar nesse nível, é preciso passar muitos anos investindo ativamente e construindo seu patrimônio.

 

Porém, no mundo dos investimentos, é possível, sim, aumentar seus lucros, e isso é feito através da alavancagem financeira, na qual a corretora pode disponibilizar um crédito para ser utilizado nos investimentos e aumentar seu capital.

 

Essa estratégia é ótima, principalmente para empresas que precisam de acesso a um capital maior em um curto espaço de tempo para poder investir no seu negócio e crescer no mercado.

 

Portanto, se você é um investidor experiente e precisa ter uma rentabilidade rápida, é só continuar lendo este artigo que mostramos mais sobre como a alavancagem financeira é realizada.

O que é alavancagem financeira?

Uma alavancagem financeira é quando o investidor consegue receber um valor a mais para estar investindo nas suas operações na Bolsa de Valores.

 

Na prática, a alavancagem ocorre quando as corretoras de investimento disponibilizam aos seus investidores mais experientes um empréstimo ou crédito que eles podem utilizar nos seus investimentos.

 

Com mais dinheiro para investir, é possível alavancar os ganhos de rentabilidade em seus ativos, fazendo com que seja possível ter grandes ganhos em um curto período de tempo.

 

Porém, como a bolsa de valores é um mercado volátil, o investidor também tem o risco de perder o dinheiro investido. Nesse caso, ele acaba contraindo uma dívida com a corretora e precisa devolver o crédito emprestado.

 

Por conta disso, a alavancagem financeira é uma estratégia de investimento mais adequada para aqueles que têm mais experiência na área e que possuem um perfil de investidor que aceita correr riscos.

Como funciona a alavancagem financeira?

A maioria das corretoras oferece a alavancagem financeira em seu próprio serviço de home broker. Lá, ela pode disponibilizar aos seus investidores um crédito de até 20 vezes o capital disponível na conta.

 

Quando o investidor resolve utilizar esse recurso, ele precisa oferecer alguma garantia para a operação, que pode ser em dinheiro ou através de outros ativos, como títulos do Tesouro Direto.

 

Com o crédito em mãos, os investidores vão em busca de uma operação que possua uma boa margem de sucesso para realizar o investimento e aumentar sua rentabilidade. Aqui eles podem investir tanto em ações através do Bovespa, quanto em contratos ou minicontratos de dólar e de índice na BM&F.

 

O crédito que ele utiliza da corretora deve ser devolvido dentro de um prazo estipulado por ela, que geralmente é até o final do mesmo pregão. Se ele não conseguir honrar com esse compromisso, haverá incidência de juros sobre o valor disponibilizado como crédito a ele.

Quais são os tipos de alavancagem?

Para quem quer trabalhar com a alavancagem financeira, seja para objetivos pessoais ou para ter mais capital para investir em uma empresa, é possível realizar a operação de três formas distintas que você conhece melhor a seguir.

Day trade

Esse é o tipo de alavancagem mais conhecido e utilizado pelos investidores. O Day trade é o nome dado aos investimentos curtos, que são iniciados e finalizados no mesmo dia. 

 

O principal objetivo deles é aproveitar o melhor movimento do mercado no curto prazo, durante as pequenas oscilações nos preços dos ativos, para lucrar rapidamente em cima disso.

Mercado futuro

O mercado futuro é um tipo de alavancagem onde geralmente as corretoras disponibilizam um valor maior de crédito para ser investido. Isso acontece porque o mercado futuro não opera com ações, e sim com contratos.

 

Nele é possível negociar contratos que podem ser de commodities, índice ou de dólar, em que eles apostam na sua valorização em uma data específica.

Venda a descoberto

Também conhecido como short selling, esse tipo de alavancagem busca aumentar a rentabilidade a partir da queda dos ativos. Para fazer isso, os investidores realizam a venda de uma ação sem tê-la, e depois a recompram quando estiver mais barato.

 

Nesse modelo, todo o processo precisa ser realizado no mesmo dia, caso contrário será necessário alugar a mesma ação de outro investidor que realmente possua o papel no seu portfólio.

Quais as vantagens dessa operação?

Operar no mercado de ações ou contrato de forma alavancada é algo destinado aos investidores mais experientes devido ao alto risco da operação, que, ao garantir mais ganhos, também pode resultar em perdas e dívidas para o investidor.

 

Mas se você souber operar muito bem no mercado, poderá aproveitar as vantagens de trabalhar dessa forma. A principal delas é a oportunidade de conseguir ter os mesmos resultados que grandes investidores de mercado sem possuir muito capital.

 

Outra grande vantagem é que, com a alavancagem, você consegue aproveitar melhor as oscilações existentes no mercado para conseguir ganhos realmente altos em um curto período de tempo, garantindo, assim, resultados melhores do que investir somente com o capital que possui em conta.

Comment here